Atenção: O Windows 10 está a ser aproveitado para espalhar ransomware

A chegada do Windows 10 tem sido o tema do momento nos últimos dias. A Microsoft apresentou ao mundo o seu novo sistema operativo e todos o querem agora testar.

Esta vontade de testar o Windows está agora a ser aproveitada por alguns para espalhar, por email, uma aplicação que na verdade é apenas ransomware.

win_10_ransomware_1-720x440

Todo o movimento que tem surgido em torno do Windows 10 está agora a ser usado para espalhar uma nova leva de ransomware, junto de potenciais utilizadores do Windows 10.

Cientes da nova actualização, muitos estão a receber emails supostamente oficiais da Microsoft com indicações precisas de como actualizar para o Windows 10.

Na verdade a aplicação que está nessa mensagem é apenas mais um instalador de ransomware e que depois obriga o utilizador a pagar apra ter de volta o acesso aos seus dados e ao Windows.

A mensagem vem supostamente dos serviço da Microsoft e apresenta todas as novidades do Windows 10, incluindo também uma aplicação que deve ser instalada para que seja realizada a actualização para o Windows 10.

win_10_ransomware_2-720x343

Mas a mensagem tem algumas falhas e que os utilizadores mais acautelados podem facilmente ver que não deve ser original e da própria Microsoft.

Muitos dos caracteres que estão no texto não têm a codificação certa e são apresentados como caracteres estranhos ao idioma do utilizador.

Para além disso todos sabem que a Microsoft não comunica com os utilizadores por email e que a actualização do Windows 10 chegará pelo próprio Windows e não por email.

Podem ver este ransomware a funcionar, desde a recepção da mensagem até ao momento em que o utilizador se apercebe que tem a sua máquina comprometida e o acesso aos seus ficheiros bloqueados.

É importante relembrar que a actualização do Windows 10 será oferecida dentro do próprio Windows 7 ou 8.1 e que não é comunicada pela Microsoft por email.

Todas as ferramentas que possam ser disponibilizadas vão estar acessíveis pelos sites oficiais da Microsoft e nunca chegarão por email.

Caso o utilizador caia neste esquema terá de desembolsar um valor para poder ter acesso aos seus ficheiros, ou em opção ter de reinstalar a sua máquina, perdendo-os.

Fonte: pplware

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.