Google revela novo Chromebook e o primeiro desktop com ChromeOS

A Google quer dar mais força ao conceito do Chromebook e acaba de lançar dois novos modelos, um portátil e o primeiro desktop, em conjunto com a Samsung. Apesar da adesão pouco entusiástica aos equipamentos lançados no ano passado – sobre os quais não são revelados números -, a gigante da Internet não desiste do conceito nem do sistema operativo ChromeOS.

Leia o artigo completo »

Móveis IKEA com tecnologia incluída e sem fios à mostra

A gigante sueca de decoração volta a inovar. A promessa estava feita há algum tempo mas a chegada ao mercado português confirma-se agora: a nova linha de mobiliário que integra TV e som UPPLEVA vai estar disponível no próximo outono.

Construídos a partir da gama BESTA, os móveis UPPLEVA juntam televisões LED, com várias dimensões à escolha e sistema de som 2.1 com subwoofer sem fios e leitor incorporado de CD/DVD/Blu-ray.

Leia o artigo completo »

Chrome OS ganha novo interface

O sistema operativo da Google baseado na nuvem ganhou esta semana uma nova versão, disponibilizada através do canal para programadores e compatível com o Acer AC700 e os Chromebooks Samsung Serie 5, mas não com os Chromebooks CR-48.

A grande novidade prende-se com o novo interface, que deixa de obrigar a que as janelas do browser e aplicações sejam sempre mostradas em modo full screen, ou seja, ocupando todo o ecrã.

A partir de agora, a visualização em modo de ecrã total continua a poder ser ativada, mas é optativa, ao invés de ser imposta, como acontecia. O conceito em vigor até à data não oferecia grandes dificuldades quando o software era usado em dispositivos como os portáteis fornecidos com SO da Google instalado, mas poderia oferecer dificuldades quando transposto para a utilização em ecrãs maiores, como os dos computadores de secretária.

Leia o artigo completo »

A realidade aumentada da Microsoft não precisa de óculos

A realidade aumentada esteve em foco esta semana. Depois de toda a agitação que gerou a apresentação dos óculos da Google, foi a vez da Microsoft levantar o véu sobre aquilo que anda a preparar em matéria de experiência de utilização personalizada de acordo com a realidade em redor.

A informação é avançada pelo TechCrunch, a quem a gigante de Redmond explicou que está a trabalhar numa tecnologia que vai permitir mudar a resposta do interface consoante o utilizador em questão, a sua localização ou aquilo que procura, por exemplo.

Leia o artigo completo »