Utilizar uma VPN nos EAU pode valer uma multa de…meio milhão de euros

A utilização de redes virtuais privadas é agora punida com coimas milionárias nos Emirados Árabes Unidos. As VPN eram regularmente utilizadas no país para permitir o acesso a aplicações como o Snapchat e o WhatsApp.

Se estiver prestes a viajar para os Emirados Árabes Unidos proceda com cuidado na internet.

De acordo com uma nova lei publicada pelo presidente árabe, o Sheikh Khalifa bin Zayid Al Nahyan, a utilização de redes virtuais privadas (VPN) é punível com uma multa que pode ascender aos…491 mil euros. Caso o delito não seja grave, a multa aplicada pode rondar o valor mínimo: cerca de 123 mil euros.

“Quem utilizar um endereço IP fraudulento, através de uma morada falsificada ou fornecida por terceiros, com o propósito de cometer um crime ou prevenir a sua descoberta, deve ser punido com aprisionamento temporário e uma multa de não menos de 500.000Dh (cerca de 123.000€) e não mais de 2.000.000Dh (cerca de 491.000€), ou uma destas duas penalidades”, pode ler-se na lei.

Naquele país, tal como em muitos outros do Médio Oriente, aplicações de comunicação como o Snapchat ou WhatsApp, têm o acesso bloqueado.

Segundo escreve o International Business Times, este é, no entanto, o primeiro governo a legislar contra estas aplicações e a favor das operadoras do seu país que, nos últimos tempos, têm perdido receitas por conta destas alternativas. O IBT dá ainda conta que a Etisalat e a du são as únicas duas empresas de telecomunicações autorizadas a oferecer serviços de telefone por internet e que os preços praticados por ambas podem ser efetivamente caros.

Fonte: SAPOTEK

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.